Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

Publicado: Sexta, 24 de Março de 2017, 18h37 | Última atualização em Quarta, 03 de Maio de 2017, 19h57 | Acessos: 241

O Instituto de Estudos Costeiros (IECOS) é o resultado de uma política de interiorização da Universidade Federal do Pará (UFPA), que criou diversos Campi no interior do estado, entre eles o Campus de Bragança.

Em 2000, o Reitor da UFPA, professor Dr. Cristovam Diniz, solicitou ao Prof. Dr. Horacio Schneider a implantação de um Núcleo de Estudos Costeiros na cidade de Bragança. O desafio foi aceito. Começaram as obras para a construção do prédio desse Núcleo, contando com poucos recursos provenientes da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente do Governo do Pará. Os envolvidos na tarefa passaram a ser chamados pelo Reitor “Os construtores do improvável” (2006). Naqueles tempos, já existia no Campus de Bragança o curso intervalar de Licenciatura em Ciências Biológicas implantado em 1997.

A partir de 1999, o curso passou a contar com um corpo docente permanente. Houve desenvolvimento de vários projetos de pesquisa, entre eles o Projeto MADAM, uma cooperação bilateral Brasil-Alemanha, e o Projeto Institutos do Milênio-Núcleo de Estudos Costeiros. Esses projetos embasaram a implantação, do curso de Pós-Graduação em Biologia Ambiental (2000). Hoje, com Mestrado e Doutorado, o que consolidou as linhas de pesquisas do Instituto. Em 2005, foi criado o curso de Engenharia de Pesca.

Em 2010 o Instituto passa a ofertar o Curso de Licenciatura em Ciências Naturais, que visa a formação de professores de ciências para atuar no Ensino Fundamental. O curso tem duração de sete semestres letivos, perfazendo o total de 2.925 horas. A matriz curricular apresenta-se distribuída em cinco eixos que abrangem disciplinas de formação específica nas áreas das ciências naturais, disciplinas relacionadas à formação pedagógica e prática de ensino (estágios supervisionados), além de incluir atividades complementares e atividades prático-pedagógicas.

O IECOS foi formalmente criado em 2007. Está constituído pelas Faculdades da Engenharia de Pesca (FEPESCA), de Ciências Biológicas (FBIO), de Ciências Naturais (FACIN) e do Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Biologia Ambiental (PPBA).

Fim do conteúdo da página